| Sobre o curso

O curso Finanças para Restaurantes foi elaborado para você aprender sobre rotina financeira e melhorar o resultado da sua empresa. O curso aborda gestão de análises de relatórios financeiros, planejamento de contas e compras, entre outros fatores importantes para você manter o financeiro da empresa saudável.

| Conteúdo do curso

| Plano de Contas

  •  Desenvolver Estrutura de Plano de Contas e suas Premissas
  •  Compreender a Importância de Estruturar Corretamente os Relatórios para Análise da Gestão Operacional e Financeira
  •  Descrever Montagem de DRE e Relatórios Estratégicos
  •  Estipular metas, táticas e orçamentos

| Análise de CMV Real e Teórico

  • Conceituar CMV real x CMV teórico
  •  Montar e analisar CMV real e teórico
  •  Compreender índices de disparidades e como desenvolver plano de ação para possíveis reduções
  •  Compreender qual o CMV deve ter o foco de atenção na DRE
  •  Identificar por onde começar quando for montar o CMV real e teórico

| Gestão de Compras

  •  Desenvolver Controles Internos para Gestão de Insumos e Materiais
  •  Analisar Indicadores de Compra e CMV
  •  Oportunizar Otimização de Consumo de Estoque
  •  Avaliar Impactos nos Resultados

| Folha de Pagamento e Tributação

  • Desenvolver Relacionamento com o Contador e Gestão Contábil
  •  Planejar o Tributário e Folha para Melhorar Resultados
  •  Compreender Gestão de Tributação nos diversos tipos de Negócios da Gastronomia
  •  Distinguir Incidências de Monofásicos, Substituição Tributária

| Gestão de Indicadores

  • Estipular Metas Baseadas em Indicadores
  •  Aplicar, Gerir e Mensurar: Gestão de Indicadores Financeiros
  •  Aplicar Indicadores na Operação e Converter em Resultados (5w2h, Swot)
  •  Dicas para Otimizar Operações e Rentabilidade

| Gestão de Custos Fixos e Fluxo de Caixa

  •  Como Gerir Custos Fixos, Definir Prioridades de Cortes Sob Crise e Custos Fixos Indispensáveis de uma Operação Saudável
  •  Montar e Analisar Fluxo de Caixa, Realizado e Projetado
  •  Táticas para reverter um Caixa Negativo, Negociação de Passivos. Quando devo Antecipar Cartões?

| Projeto Aplicado

  • Praticar Exercício de Estudo de Caso
  •  Analisar o Exercício com Considerações Finais
  •  Analisar Paramêtros do Mercado

| Professores

| Rubens Oliveira

Contador e economista, com 17 anos de experiência no segmento de bares e restaurantes. Fundador da Roadmap Assessoria, empresa especializada em implantação de processos e sistema de retaguarda para o ramo de A&B, além de assessoria financeira, sempre buscou preencher a lacuna de conhecimento e aplicação prática de gestão para melhor desenvolvimento dos negócios.. É parte do conselho administrativo do Sertó, restaurante de grande movimento no centro de SP, atuando diretamente na gestão estratégica, planejamento financeiro, direcionamento do negócio e monitoramento constante dos KPIs. Também é proprietário da Darkk, dark kitchen no centro de SP, onde atuam três marcas: Darkk Karcamano, Darkk Zuka e Darkk Kasca. Foi professor do SENAC e está na EGG desde a sua fundação, contribuindo com a curadoria e coordenação dos cursos da área de Finanças para Restaurantes, atuando como professor nestes cursos, e é também palestrante, para aqueles que querem aprimorar a gestão ou desenvolver conhecimentos técnicos para aplicação nos negócios gastronômicos.

Foi diretor de operações do Grupo Pobre Juan, gerente de operações do PJ Clarke’s Brasil, além de gerente-geral da Buddha Bar Brasil. Foi determinante na expansão do Grupo Pobre Juan, em 2012, que dobrou o número de restaurantes de cinco para 11, em apenas dois anos. Sócio proprietário da Rural Pizzeria Napoletana, em Sorocaba, privilegiando os pequenos produtores Brasileiros.

| Ciro Aidar

| Erika Guedes

Atualmente gerente de processos no grupo Le Jazz. Tem como objetivo principal a busca de melhores resultados financeiros através dos processos implantados, e viu como um desafio importante de sua carreira sair da consultoria e voltar para a operação de restaurante, agora com visão gerencial. Foi sócia da NaMesa Consultoria até agosto de 2021, e tem um currículo diverso de experiências no mercado de alimentos e bebidas, com vivência em cozinhas comerciais através da elaboração de, fichas técnicas e preparação de pratos, análises financeiras e administrativas, planejamento, organização, administração e avaliação de unidades de alimentação, além de implantação de controles. Por fim, experiência em docência em escolas voltadas para a gestão de estabelecimentos gastronômicos, com aulas ministradas presencialmente e EAD, e apoio na coordenação dos cursos, desenvolvendo planos de ensino e aula.

Fabiano Cunha é sócio e diretor-geral do Jaú Pizza Bar, além de consultor de negócios para bares e restaurantes. Participou da abertura e implantação dos restaurantes Piselli Jardins, Piselli Sud Shopping Iguatemi, lacocotte Ministro Rocha Azevedo, com o chef Erick Jacquin, Zena Café, com chef Carlos Bertolazzi, além de Paros Bar e Restaurante Itaim Bibi, com os sócios da boate Sutton. Fabiano é defensor da gestão compartilhada e do equilíbrio entre empregador e colaborador. “Sem processo organizacional, é impossível enxergar a liquidez de uma empresa e quais planos de ação são necessários para torná-la mais competitiva, a fim de alcançar os melhores resultados estratégicos e operacionais.”

| Fabiano Cunha

| Ghaney Demarchi

Proprietária da Contabilidade Demarchi. Com vasta experiencia em finanças, já trabalho com auditoria, controladoria, gerenciamento e implantação de ERP, implantação de controles internos e contabilidade. Além de recuperar de mais de 2 milhões de impostos.

Irajá Dolácio Carezzato é engenheiro eletricista e tem sólidos conhecimentos nas áreas de qualidade, gerenciamento de pessoas e gestão de materiais. O que favorece sua colaboração na área da gastronomia inovando em práticos e processos mais eficientes. Tem experiência como gerente administrativo, financeiro e consultor em gestão de materiais em empresas do setor de aços e ferros. Atualmente, atua como consultor em gestão de materiais nos restaurante Ritz. “Investir em educação para negócios da gastronomia é dar um caráter profissional ao gestor do restaurante, deixando de lado achismos ou só a sensibilidade. O profissional passa a comandar o negócio com índices, incluindo detalhes que vão além da produção. Venho atuando como auditor em gestão de materiais há algum tempo. Com uma proposta diferenciada. A ideia é, por exemplo, fazer a contagem mensal de materiais, em vez de contar todos os dias. A prática tem trazidos índices mais robustos e mais confiabilidade na gestão. Além de usar o sistema de gestão não só como frente de caixa, mas também para gerir compras e melhorar resultados.”

Irajá Carezzato

| Irajá Carezzato

*os professores podem variar conforme disponibilidade.