Como esta ferramenta pode ajudar o seu negócio a ter mais lucro!

Enterprise Resource Planning não é um nome tão comum dentro de um restaurante. Na verdade, é um nome pouco conhecido em qualquer segmento.
É com base nesse nome que foi criado o termo, um pouco mais conhecido: ERP.

ERP é um sistema de gestão que permite integração entre todas as áreas de uma empresa. Essa integração permite realizar um diagnóstico aprofundado sobre medidas necessárias pra reduzir custos e aumentar a produtividade do negócio.

Conheça a Roadmap Assessoria – especializada em conciliação bancária, auditoria de recebíveis, terceirização de departamento financeiro e consultoria financeira

Um sistema ERP ajuda o gestor a: administrar as contas a pagar e as contas a receber, monitorar as vendas, acompanhar os pedidos de compra, ter um controle eficiente de estoque e ter uma análise detalhada dos números gerais. No ramo industrial, o ERP é encarado como um esqueleto da empresa. Nesse segmento, um ERP com problemas de funcionamento compromete todas as áreas da empresa com sérias consequências. Essa deveria ser uma preocupação do ramo da gastronomia também, afinal o número de restaurantes  que são fechados por falhas de gestão motivadas por uma falta de informação confiável é alarmante.
Mas infelizmente esse cuidado está longe de estar próximo do cenário atual de grande parte dos restaurantes. Existem poucas boas opções no mercado. Dentre elas, grande parte prioriza o sistema de frente de caixa e pouco se importam com os cuidados do retaguarda do restaurante.

Veja a grade do curso de CMV Ferramentas Para Gestão De Custos De Cardápio

Infelizmente do outro lado da parceria, o lado do dono de restaurante, a realidade tem sido a mesma, na maioria dos casos. O resultado disso são restaurantes com um controle totalmente terceirizado por meio de planilhas ou softwares de gestão financeira, que geram retrabalho e informações sem rastreabilidade com a operação.
CMV cronicamente alto, custos com a equipe sem um planejamento estratégico, despesas administrativas sem comparativos com o mercado também são alguns dos problemas que a grande maioria dos restaurantes enfrentam sem um ERP bem implantado. Mas afinal, quais são as vantagens de ter um bom ERP em funcionamento na gestão de restaurante / bar? Quando a gestão do restaurante é centralizada, o fluxo de informações se torna mais fluído e o compartilhamento dessas informações se torna muito mais fácil.

A integração de um ERP elimina também a duplicidade de informações e evita retrabalho da equipe. O resultado disso são relatórios mais precisos e confiáveis, análises detalhadas dos custos e um estudo detalhado do faturamento da casa. Tudo isso contribui para uma tomada de decisão acertada. Aumenta também a eficiência da gestão e a comunicação entre as equipes passa a ser mais efetiva.

Como disse Steve Jobs:

“Você não pode impor a produtividade, você deve fornecer as ferramentas para permitir que as pessoas se transformem no seu melhor.”

Ele não podia estar mais certo em dizer isso. Com as ferramentas certas, as pessoas se transformam no seu melhor e o resultado é sempre muito bom. Todas essas vantagens são de extrema importância, principalmente no ramo da gastronomia, que é um ramo tão dinâmico e cheio de surpresas. Com um bom ERP, é possível se proteger. Dentro da EGG temos a missão de conseguir mudar a visão que o ramo da gastronomia tem até hoje dos sistemas de gestão. Imaginamos em breve o segmento de bares e restaurantes totalmente estruturados, amparado por boas ferramentas. É hora de mudar essa realidade!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *